Descansar em Jesus

Jesus disse: “Vinde a mim todos os que estais cansados e sobrecarrega- dos, e Eu vos aliviarei. Tomai sobre vós o Meu jugo, e aprendei de Mim, porque sou manso e humilde de coração, e encontrareis des- canso para as vossas almas.” Faz pouco tempo, li uma mensagem de Jesus para alguém, que a própria pessoa recebeu quando estava orando, que dizia o mesmo que esses versículos, porém em termos mais fáceis de entender nos dias de hoje. Dizia: “A única maneira que você vai agüentar a pressão é a- prender a ir devagar e passar tempo de qualidade Comigo.”
Isso talvez pareça simples e óbvio, mas quem já tentou sabe que falar é mais fácil que fazer. Um dos motivos é o fato de ser contrário à natureza humana. Quando há tanto a ser feito, a última coisa que a pessoa quer fazer é reduzir o ritmo e pas- sar tempo meditando, parar de pensar no trabalho que está fazendo para pensar em Jesus. Você teria de investir mais tempo e esforço no aspecto espiritual, em coisas como a oração e esperar que Ele mude as situações, o que reduziria o tem- po disponível para o trabalho físico ou mental no qual está envolvido. Não é o que queremos fazer nem parece fazer sentido, tendo em vista seus prazos e a ve- locidade à qual tudo mais está acontecendo.
O que exatamente significa “descansar em Jesus”? Confiar que, quando você Lhe pede as soluções para seus problemas ou ajuda com as suas tarefas, Ele Se manifesta e faz exatamente isso. Significa crer que Ele lhe mostrará o que você pode fazer para contribuir com a situação, que Ele lhe dará o poder para você fa- zer a sua parte e ainda fará o resto, ou seja, tudo o que estiver além da sua capa- cidade. Confiar em Deus é afastar-se dos seus problemas ou do seu trabalho, iso- lar-se do mundo à sua volta e deixar seu espírito ser fortalecido pela comunhão com Ele.


Em suma, descansar em Jesus significa entregar-Lhe as situações e confiar nEle para os resultados. Assim, você não estará sob pressão, porque Ele estará car- regando o peso, não você. Você vai continuar ocupado, mas a maior parte do seu “trabalho” — e o seu trabalho mais importante— é espiritual, isto é, orar, crer e confiar. Quando se concentra nisso, você aciona os mecanismos na esfera do es- pírito que têm o potencial de produzir na dimensão física resultados muito supe- riores aos humanamente possíveis: resultados milagrosos.

Não dedicar tempo para descansar em Jesus perpetua um círculo vicioso. Quan- to mais você se dedica a trabalhar na esfera física, menos tempo terá para des- cansar nEle, o que o força a trabalhar mais arduamente, o que consome ainda mais tempo. Mas ao deixar de tentar fazer tudo por conta própria para parar e pedir ajuda a Jesus, pode dar início a um círculo positivo de força, alívio da pres- são e verdadeiro progresso. Logo ficará mais fácil parar e passar tempo com Jesus, porque você vivenciará de primeira mão as recompensas que isso trará. Mais será realizado, você se desgastará menos, se sentirá mais descansado e es- piritualmente recarregado.

É fácil ser pego pela roda viva do trabalho e, quando isso acontece, a sensação é similar à de alguém que corre em uma esteira elétrica: é preciso manter o ritmo imposto pela máquina, mas, de fato, sem chegar a lugar algum. É importante a- prender a reconhecer quando essa condição se aproxima, parar, sair da “esteira” e pedir a Jesus para ajudá-lo a acertar o passo com Ele.
Se quisermos obter os melhores resultados, nosso tempo com Jesus em oração e comunicação com Ele não pode se limitar a algo rápido e superficial, espremido aqui e ali, competindo com todas as preocupações do dia. Temos de dedicar tempo para nos conectarmos a Ele, abrir nosso coração com Ele e deixá-lO ali- viar nossas mentes e acalmar nossos espíritos.
O fato é que o tempo que passamos com Jesus é a parte mais importante do dia. Se você formar o hábito de dedicar a isso os primeiros momentos da manhã, Sua presença estará com você o restante do dia e o ajudará. Sem dúvida, é uma men- talidade totalmente nova. Em vez de tentar lidar com tudo por conta própria e despachar os afazeres tão rapidamente quanto possível, você passará a deixar Jesus fazer a maior parte do serviço. Você ainda terá que desempenhar o papel que Ele lhe indicar, mas ficará tranqüilo por saber que, se fizer o que lhe cabe, Ele cuidará do resto.
“Procuremos, portanto, entrar naquele descanso”. Parece um pouco contra- ditório, pois a procura em si é um esforço, o que equivale a dizer que devemos nos esforçar para descansar. De fato, é um dilema, pois afastar-se de nossas ati- vidades exige um esforço. Descansar em Jesus não é um conceito complicado nem difícil de entender, mas colocá-lo em prática, ou seja, abrir mão de menta- lidades antigas e entrar no plano espiritual requer trabalho. A boa notícia é que, embora os primeiros passos nessa direção possam ser difíceis, depois que você negar o jeito, a nova  abordagem vai lhe poupar tanto esforço, estresse e desgas- te, que você se perguntará como conseguiu viver de outra forma.

Se ainda não encontrou o Príncipe da Paz, Jesus, nem recebeu Seu perdão e Sua dádiva da vida eterna, pode fazê-lo agora mesmo, fazendo a seguinte oração:

Obrigado, Jesus, por pagar o preço pelos meus erros, para que eu possa ser perdoado. Eu Lhe peço agora, querido Jesus, para, por favor, entrar no meu coração, perdoar-me e me conceder a dádiva da vida eterna. Amém.

Fonte: Revista Contato.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s