Nossa Senhora de Medjugorje – Rainha da Paz

Conheça um pouco da história das aparições de Nossa Senhora em Medjugorje (Bosnia-Herzegovina) desde o seu início, a partir da palestra dada pela vidente Mirjana  no dia 03/05/2011:

No dia 24 de junho de 1981, vocês sabem que 24 de junho é o dia da festa de São João Batista e todos os dias de festa são sempre respeitados pela paróquia de Medjugorje. Ivanka e eu tínhamos 14, 15 anos. Nós não íamos trabalhar nos campos neste dia. Nós nos encontramos e caminhamos para fora da vila juntas, caminhando pela estrada aos pés do Podbrdo, conhecida hoje como a colina das aparições. Em um certo momento, Ivanka disse: “acho que Nossa Senhora está sobre a montanha.”, mas eu não me incomodei em olhar porque era o tempo do regime comunista na ex-Iugoslávia. Nós íamos à Missa sempre aos domingos, mas não muitas vezes na semana. A vida religiosa acontecia dentro das nossas casas, em nossas famílias. Nós rezávamos o Rosário juntos todas as tardes com os nossos pais, mas nós não podíamos falar sobre isto na escola, porque outras crianças poderiam repetir em suas casas e então poderíamos ter problemas em nossa família. Eu não sabia sobre Lourdes, sobre Fátima. Eu pensava que Nossa Senhora estava no Paraíso, e nós rezamos para Ela, mas que Ela já esteve sobre a terra nestes dois mil anos, eu não sabia. Então quando Ivanka disse que achava que Nossa Senhora estava sobre a montanha, eu respondi de uma maneira dura: “OK, Como se Nossa Senhora não tivesse nada melhor para fazer do que vir aqui sobre a colina para eu e você vêLa. Não diga coisas tolas.” Então eu estava caminhando de volta em direção à vila. Quando cheguei quase onde estavam as primeiras casas da vila, algo mais forte do que eu me fez dar a volta e retornar. Quando eu voltei, eu vi Ivanka parada no mesmo local e ela me disse: “olhe agora”. Eu olhei para cima da colina e eu vi, no meio das rochas, uma moça jovem com uma criança nos braços. Ela estava com um vestido cinza. Isto era estranho porque ninguém subia naquela colina, certamente não no verão, certamente não uma mulher com uma criança, certamente não com um vestido longo. Agora existe um caminho até o topo da colina, mas foi feito pelos pés de milhões de peregrinos. Depois este caminho foi alargado. Eu estava confusa. Eu também me lembrava que a mãe de Ivanka tinha falecido dois meses antes. Eu corri e disse para minha avó que achava que tinha visto Nossa Senhora. Minha avó disse que era melhor eu rezar o Rosário. Vá para a sua casa e reze. Deixe Nossa Senhora ficar onde Ela está, no Paraíso. Eu realmente fiz o que minha avó pediu. Eu não tinha forças de discutir com ela. Eu precisava ficar sozinha. Eu queria ficar em oração. Então eu passei a noite toda em oração. Foi a única maneira que consegui encontrar paz. No dia seguinte eu fui ajudar meu tio nos campos. Eu não tive chance de ver os outros videntes, mas estava de tarde, como um dia antes quando vi Nossa Senhora, quando chegou próximo da hora, eu senti a necessidade em meu coração de ir lá. Eu precisava ir até os pés da colina, então meu tio veio comigo. Quando chegamos lá, já estavam metade da vila em uma multidão. Com cada vidente, algumas pessoas os seguiram. Então nós vimos Nossa Senhora mais uma vez. Desta vez Nossa Senhora não veio com a criança nos braços. Este dia era 25 de junho. Foi realmente a primeira vez que nós estávamos próximos de Nossa Senhora. Ela se apresentou e nos disse: “Meus filhos, não tenham medo de Mim. Eu sou a Rainha da Paz.”

Então as aparições começaram. Somente por pouco tempo as aparições aconteceram na colina. Eu já disse a vocês que era o tempo do regime comunista, e logo vieram policiais com cachorros. Eles impediam qualquer pessoa de subir a colina. Se alguém tentasse, era levado para a prisão. Com a vinda de Nossa Senhora, muitos sinais aconteceram no início. Por exemplo, nós vimos escrito no céu acima da igreja a palavra MIR, que significa paz. Fogo saindo da cruz do Krizevac, e muitas vezes a cruz da montanha desaparecia e aparecia Nossa Senhora vestida de branco. Os paroquianos e outras pessoas nos conheciam desde crianças, eles acreditaram em nós e nós continuamos a ver Nossa Senhora em diferentes lugares. Ninguém sabia com antecedência onde nós estaríamos. Eram tempos difíceis,  não somente para nós seis videntes, mas também para todos os paroquianos, porque teríamos de decidir entre ter uma vida com Nossa Senhora e perseguições ou viver em paz sem Nossa Senhora. Uma vez nós perguntamos a Nossa Senhora porque Medjugorje ? Ela disse: “porque aqui Eu encontrei a fé viva.” Quando nós perguntamos a Ela por que nós seis, Ela sim- plesmente disse: “porque Eu preciso de vocês exatamente como são.” Nós seis éramos diferentes, nós realmente somos diferentes uns dos outros. Éramos somente crianças, não éramos melhores que as outras. Relembrando as palavras de padre Slavko, o ex-pároco que faleceu ao terminar de rezar a via-sacra na montanha do Krizevac. Ele sempre vinha me visitar. Uma vez ele veio com raiva e eu perguntei a ele o que tinha acontecido. Ele estava agitado. Ele disse, eu acredito que Nossa Senhora está aqui somente porque Ela escolheu vocês seis. Somente Nossa Senhora poderia fazer isto porque eu nunca consegui reunir vocês. Por seis meses ele estava tentando reunir os seis para uma conversa, mas ele não conseguiu. Por isto ele estava chateado naquele dia.

Eu continuei a ver Nossa Senhora diariamente até o Natal de 1982. Eu estava em Sarajevo. Neste dia eu estava sozinha. Vocês sabem que eu sempre falo dos meus tios, eu não vivia aqui em Medjugorje. Meus pais eram daqui, mas eles viviam em Sarajevo e eu morava com eles. Somente nos feriados eu ia até Medjugorje porque eu tinha os meus avós maternos e paternos aqui. Então, quando as aparições começaram, eu estava com os meus avós. Os outros videntes estavam aqui. Eu falei para eles que Nossa Senhora estava esperando que eu viesse de Sarajevo para começar a aparecer. Após as aparições começarem, dois meses depois, os policiais me fizeram deixar Medjugorje e voltar para Sarajevo. Eu não queria. Estavam me expulsando. Eu tinha medo que indo para Sarajevo, Nossa Senhora não apareceria mais para mim. Aqui em Medjugorje todos os croatas são católicos mas em Sarajevo existiam poucos católicos, a maioria era ateu e comunista. Eu estava sozinha com eles.Pode ser difícil para vocês entenderem o que era o regime comunista. Mas, por exemplo, ninguém podia nos visitar, ninguém podia entrar em nossas casas. Eles nos isolaram totalmente. Policiais vinham todos os dias em nossas casas. Eles quebravam coisas. Eles levavam coisas. Era difícil e eu realmente me sentia muito sozinha e abandonada. Eu pensava que Nossa Senhora iria me ajudar. Eu sabia que Nossa Senhora iria me dizer porque. Mas quando Nossa Senhora aparecia, Ela sempre me dava as mesmas mensagens que os videntes recebiam, e nada sobre mim e sobre a minha situação pessoal. Então eu entendi que aos olhos de Deus e aos olhos de Nossa Senhora não existem privilegiados. Nós somos todos iguais. Eles simplesmente escolheram seis de nós para realizar certas coisas.

Então no Natal de 1982, quando eu tive a última aparição diária de Nossa Senhora, Ela me deu o décimo segredo e me disse que eu devia escolher um padre de minha confiança a quem eu revelaria o segredo dez dias antes da sua realização. Nós dois ficaríamos sete dias em jejum a pão e água e oração. Então três dias antes da realização de cada segredo, padre irá revelá-los ao mundo inteiro. Nossa Senhora nos disse para não falarmos sobre os segredos, mas que rezássemos. Ela disse que quem a Deus como Pai e a Mim como Mãe não precisa ter medo de nada.Quem tem medo são aqueles que não ainda conheceu o Amor de Deus. Muitas pessoas falam sempre do futuro, como será, mas eu digo sempre, quem entre nós presentes aqui pode dizer com certeza que estará vivo amanhã. Então o que Nossa Senhora está nos ensinando é estar pronto a cada momento para ir diante de Deus e evitar falar sobre o futuro.

Nossa Senhora também disse para nós aqui que: “aquilo que comecei em Fátima, queridos filhos, Eu terminarei aqui em Medjugorje. Meu Imaculado Coração triunfará.” O Coração de Nossa Senhora triunfará, então porque teríamos medo de alguma coisa ? Um peregrino me perguntou se o primeiro segredo aconteceria durante a minha vida. Eu disse, e se o o segredo acontecesse em dez dias e você morresse amanha ? Então por que o primeiro segredo ? É melhor para você estar pronto a cada momento para estar diante de Deus.

No Natal de 1982, Nossa Senhora me disse que eu não mais A veria diariamente. Ela me disse que de agora em diante me apareceria uma vez no ano, a cada 18 de março durante o resto de minha vida. Mas que também eu teria aparições extraordinárias em determinado período. Estas aparições começaram no dia 2 de agosto de 1987 e continuam até hoje. Eu não sei até quando. Estas aparições do dia 2 de cada mês são também para rezar pelos que não crêem,embora Nossa Senhora nunca use estas palavras porque quando nós dizemos não crentes, nós os estamos julgando, e Nossa Senhora não julga. Então Ela não usa estas palavras. Ela os chama de aqueles que ainda não conheceram o Amor de Deus. Eles precisam de nossa ajuda e Nossa Senhora está pedindo a nossa ajuda, Ela não pensa somente em nós seis videntes, mas em todos aqueles que A tem como Mãe. Ela diz que nós podemos mudar aqueles que não acreditam, mas somente com a nossa oração e o nosso exemplo, com nosso amor do coração. Ela gostaria que nós colocássemos em primeiro lugar as intenções daqueles que não crêem, daqueles que ainda não conhecem o amor de Deus, especialmente hoje com tantas guerras, suicídios, drogas, abortos, divórcios. Nossa Senhora diz que tudo isto vem daqueles que não conhecem o amor de Deus. Ela disse: “queridos filhos, quando vocês rezam por eles, vocês rezam por vocês mesmos e também pelo seu futuro.” Então Nossa Senhora está nos pedindo pelo nosso exemplo. Ela não nos quer saindo por aí pregando. Ela quer que falemos com nossas vidas, então aqueles que não acreditam podem ver Deus através de nós e também aprender sobre o Seu Amor. Por favor levem isto a sério em seus corações, porque se vocês pudessem ver as lágrimas nos olhos de Nossa Senhora quando Ela fala dos Seus amados filhos que ainda não conhecem o Amor de Deus, eu estou certa que vocês não fariam nada mais pelo resto de suas vidas do que rezar por esta intenção.

Nossa Senhora disse que este é um tempo de decisão – deixe-nos decidir-nos que nós somos crianças, filhos de Deus. É importante. Quando Nossa Senhora nos chama a rezar pelos que não crêem, Ela quer que nós façamos isto do modo Dela. É assim que eu entendi. Primeiro de tudo, nós precisamos sentir amor por eles, senti-los como nossos irmãos e irmãs que são menos afortunados do que aqueles que já conhecem o amor de Deus. Quando você os ama, então você pode rezar por eles – nunca julgar, nunca criticar, nunca obrigá-los,oprimi-los, mas rezar por eles, amá-los e ser um exemplo com a suas próprias vidas. È o único meio de ajudar. Cada um de nós em nossas famílias ou perto de onde nós vivemos ou onde trabalhamos, existem algumas pessoas em volta de você que não conhecem a Deus. Eles nos vêem, eles vêem a nossa maneira de agir. Vocês devem perguntar a si mesmos se eles realmente podem ver o amor de Deus através de mim, porque nós temos responsabilidade diante de Deus por estas pessoas. Eu sempre dou um exemplo de algo que aconteceu comigo. Eu frequentemente vou à Missa de manhã. Um dia, eu não pude ir de manhã, então eu fui a tarde. Você sabem que nossa igreja está sempre lotada. Eu vi um assento em um banco vazio e eu quis sentar quando de repente começaram a gritar em torno de mim – italianos dizendo a mim que eles chegaram primeiro, então eu me levantei em silêncio. Então alguém do grupo chegou e disse a eles que eu era uma das videntes – então queriam me dar um banco inteiro. Por que eu estou contando isto para vocês ? O que vocês acham ? O que aconteceria se alguém que não acredita viesse pela primeira vez se sentisse chamado pela primeira vez a entrar em uma igreja católica ? Eu entrei e aqueles a quem supõe me dariam o amor de Deus, me trataram deste modo. O que pensaria um não crente ? Eu não retornaria mais para a Igreja ? Por isto é que nós dizemos que nós somos filhos de Deus – nós temos que compreender que nós temos uma tremenda responsabilidade. Estas aparições aqui em Medjugorje, a Mãe Celestial deu a cada um dos seis videntes uma missão, uma tarefa, um apostolado. A minha é rezar pelos que não crêem. Talvez a Mãe Bendita me escolheu para esta intenção porque eu sou a única que cresceu no meio dos que acreditam, mas em uma cidade grande, uma cidade atéia. Talvez seja por isto que Nossa Senhora me escolheu para esta intenção.

Uma outra mensagem muito importante que Nossa Senhora repete é a Santa Missa, mas não somente aos domingos. Desde o início das aparições, com os seis videntes, Nossa Senhora dizia: “Se tiverem de escolher entre Me ver em uma aparição e ir para a Igreja para a Missa, vocês devem sempre escolher a Missa mais do que Me ver. Porque é durante a Missa que Meu Filho vem Vivo no meio de vocês e Ele está com vocês.”  Em todos estes anos de aparições, Nossa Senhora nunca disse, nem uma única vez: Rezem e Eu darei a vocês. Ela sempre diz: “Rezem para que Eu possa interceder por vocês diante de Meu Filho e pedir a Ele que dê a vocês.”

Muitos peregrinos quando vem a Medjugorje pensam que os seis videntes são privilegiados. Que basta a eles dizer a nós quais são as suas necessidades e as suas intenções. Alguns pensam que é suficiente que eles nos toquem e as suas intenções serão ouvidas por Deus. Mas isto não é verdade. Não existem filhos privilegiados diante da Mãe Bendita. Todos nós somos Seus filhos. Ela nos escolheu para diferentes coisas. Para nós, os seis videntes, Ela nos escolheu para transmitirmos as Suas mensagens para o mundo. No dia 2 de cada mês, Nossa Senhora está realmente falando para vocês. Ela disse: “Queridos filhos, Eu os convidei. Abram os Seus corações, deixem-Me entrar e então Eu posso fazer de vocês os Meus Apóstolos.” Então todos nós somos importantes diante da Mãe Celestial. Não existe ninguém que seja mais importante ou menos importante do que outros. Eu posso dar a vocês milhares de exemplos de fatos que aconteceram durante as aparições, no dia 2 de cada mês. Pessoas que conheceram o Amor de Deus sem nunca me terem tocado, me visto, ou falado comigo, ou me pedido para rezar por elas. Elas estavam simplesmente lá.Elas estavam rezando. Elas pediram para Nossa Senhora e Nossa Senhora pediu a Seu Filho pelos seus filhinhos–por mim e por cada um de vocês. Sempre quando vocês estão no meio das dificuldades, quando existem cruzes nas suas vidas, tudo o que vocês precisam é ter o coração aberto. Vocês não precisam conhecer um vidente – se vocês tem três ou quatro filhos, como você pode dizer que ama um filho mais do que o outro. Talvez o seu modo com cada filho seja diferente, mas você ama a todos. Então diante da Mãe Celestial, eu asseguro a vocês, eu sou exatamente como qualquer um de vocês.

Se existe alguém privilegiado aos olhos de nossa Mãe Bendita, então seriam somente os nossos sacerdotes porque Ela nunca diz o que os sacerdotes devem fazer. Nossa Senhora disse que eles não precisam das nossas críticas, eles não precisam dos nossos julgamentos, mas sim do nosso amor e de nossas orações porque Deus os julgará como eles foram como sacerdotes.Mas um dia Deus julgará vocês sobre qual maneira vocês trataram os sacerdotes. A Mãe Bendita disse que se vocês perderem o respeito pelos sacerdotes, pouco a pouco, perderão o respeito pela Igreja, vocês acabarão perdendo o respeito por Deus. Então durante as aparições do dia 2 de cada mês, Nossa Senhora sempre enfatiza a importância dos sacerdotes. Ela, como ontem, nos deu a Sua Benção Materna. Mas Ela sempre repete que a benção mais importante que nós podemos receber na terra é a de um sacerdote porque é o Seu Filho Jesus, através deles, que nos abençoa. Os sacerdotes nos abençoam em nome da Igreja. Então quando Nossa Senhora abençoa todos os artigos religiosos, vocês devem levá-los para a Igreja onde um sacerdote os irá abençoar em nome de Cristo e da Igreja. Nossa Senhora está continuamente nos lembrando de nunca esquecermos de rezar pelos nossos sacerdotes, pelos nossos pastores. Então eu peço a vocês quando retornarem para as suas paróquias, dêem os seus testemunhos que vocês foram para a escola da Mãe Bendita e sejam um exemplo de tratamento aos padres. Se vocês acham que um sacerdote está fazendo algo que não devia fazer, não o caluniem, não o difamem, não façam piada com ele, não o xinguem. Não o julguem, não o critiquem. Este mundo no qual nós vivemos, existe muito julgamento e tão pouco amor. Não temos o direito de fazer algo que cabe somente a Deus decidir. Nós devemos amar, rezar e respeitar.

Este tempo em que nós vivemos existe, mas existe também o tempo do triunfo do Imaculado Coração de Maria. Existe uma ponte entre estes dois tempos, e os sacerdotes são esta ponte. Então Nossa Senhora insiste que rezemos pelos sacerdotes. Eles são a ponte na qual podemos caminhar em direção do triunfo do Coração de Nossa Senhora. Nossa Senhora sempre diz: “Eu triunfarei com os sacerdotes.” Sem os sacerdotes, não existe o Triunfo do Coração da Mãe. Por isto Ela está insistindo tanto na oração por eles. Ontem mais uma vez, Ela nos chamou a rezar por eles. Ontem, mais uma vez Ela nos chamou para rezar por eles então eles podem nos ajudar.Eles podem trabalhar conosco com amor com o coração.

A Mãe Bendita quer que nós retornemos para a oração em nossas casas. A Mãe Bendita disse que nada pode unir mais as famílias do que a oração, quando nós rezamos juntos. Então nós temos grande responsabilidade. Os pais a tem diante dos filhos. Os pais são aqueles que devem desenvolver as raízes da fé e a vida correta nos corações de seus filhos. As crianças fazem somente aquilo que elas vêem em suas casas. Então nós não podemos dizer para os nossos filhos sobre a importância da Santa Eucaristia se nós não vemos a Eucaristia sendo muito importante em nossas vidas – que vamos a Igreja para a Missa. Então nós não podemos pedir para eles rezarem se nós não rezamos. Então nós pais temos uma tremenda responsabilidade porque os filhos devem ser capazes de ver que Deus esta realmente em primeiro lugar na vida dos seus pais. Eu gostaria de dar para vocês um exemplo. Algo aconteceu em minha casa com Marija, minha filha mais velha que tinha somente dois anos e meio nesta época. Eu ainda não falava com ela sobre as aparições porque eu pensava que ela era muito nova para entender estas coisas.Um dia ela estava brincando com uma garota, uma vizinha, no quarto dela. A filha da vizinha disse, muito orgulhosamente: minha mãe dirige carro. Era algo grande uma mulher poder dirigir. Então eu esperei para ver o que minha filha iria dizer. Ela simplesmente disse: “Ora, minha mãe fala com Nossa Senhora.” Então embora eu não tenha falado sobre as aparições para ela, ela tinha somente dois anos e meio, mas ela entendeu o que estava acontecendo em casa.Então quando as crianças vêem que Jesus, Deus, Nossa Senhora estão em primeiro lugar na vida dos pais, estarão também na vida deles.

Quando alguém me pergunta o que é Medjugorje para mim, eu digo sempre o que eu tenho vivido. Uma experiência minha – quando eu estava subindo a montanha do Krizevac. Tinha um pequeno grupo de jovens da Itália na minha frente. Eles estavam carregando um garoto deficiente. Vocês que já subiram o Krizevac sabem o quão difícil é subir a montanha. Imaginem o que seria quando vocês tem que subir carregando uma pessoa deficiente. Eles estavam fazendo isto com amor. Então um grupo de peregrinos americanos que estavam acima vieram em torno do grupo e simplesmente disseram: Trocar .  Eles pegaram aquele garoto e o carregaram. Então o garoto deficiente chegou ao topo da montanha do Krizevac através dos ombros de toda a Igreja. Todos reconheceram nele um irmão. Isto é Medjugorje para mim. É isto que Nossa Senhora está nos ensinando a todos.

Quando Nossa Senhora disse que quer que jejuemos nas quartas e sextas-feiras a pão e água, eu sei que 90% daqueles a quem Ela se refere são os italianos – no modo de falar sobre esta mensagem porque os italianos fazem milhares de perguntas: quanto dura uma quarta-feira, quanto dura uma sexta-feira, se podem encurtar o tempo de jejum. Posso comer um prato de macarrão ? Eu não estou dizendo isto com mesquinharia. Eu estou dizendo isto porque eu os amo. Se não os amasse, eu não viria aqui para falar. Eu acho bonito quando vocês protestam contra a mensagem do jejum. Eu quero dar a vocês um exemplo do que aconteceu quando Nossa Senhora veio a primeira vez até Medjugorje. Ela pedia somente o creio, sete pai-nossos, ave-marias e glórias (o terço da paz). Ela então pediu por um terço por dia e um dia de jejum nas sextas-feiras. Então Ela pediu a segunda parte do Rosário por dia e então a terceira parte do Rosário e também que as quartas-feiras se fosse o segundo dia de jejum. Então Ela fez o caminho passo-a-passo conosco. Por que vocês não tentam fazer o mesmo ? É importante caminhar. Somente digam,Mãe Bendita eu quero caminhar contigo. Por favor venha e caminhe comigo. Se vocês dizem: “quando eu voltar para casa, eu prometo que vou jejuar duas vezes na semana, irei rezar todos os dias.” Não façam isto, não precisa. Prometam o que vocês podem, ao seu próprio ritmo. Prometam que irão começar com os sete pai-nossos, ave-marias, glórias e creio e então pouco a pouco vocês chegarão ao ponto de fazerem outras coisas. Como jejuar também. Por exemplo, nós católicos, não comemos carne nas sextas-feiras, então vocês podem renunciar comer carne nas sextas-feiras. È importante dar o primeiro passo. Então mais tarde Nossa Senhora irá ajudar você, lembrem-se que Deus é amor. Eu me lembro dos americanos me perguntando se é possível tomar uma xícara de café de manhã. Eu disse, ok, mas façam isto muito cedo da manhã antes que Nossa Senhora acorde e possa vê-los. Então, se vocês bebem uma xícara de café na próxima sexta-feira, ok. A oração irá ajudá-los a crescer mais e vocês serão capazes de fazer mais e mais.

A única coisa que Nossa Senhora quer é nos dar o Seu Filho. Nós podemos ter tudo aquilo que o mundo tem para nos oferecer mas, se nós não temos paz, isto não vale a pena. A paz real somente Jesus pode nos dar. Especialmente eu gostaria de dizer algo para vocês, jovens, porque os jovens muitas vezes pensam que pessoas de Hollywood, que eu conheci como, por exemplo, de Beverly Hills, eles têm tudo. Eles são bem conhecidos, famosos no mundo inteiro. Eles acreditam em si mesmos como sendo estrelas. Mas eu gostaria que vocês pudessem vê-las chorando, ajoelhando-se entre as rochas da colina das aparições. Elas estavam procurando por paz e felicidade, em dinheiro, mas quando tinham dinheiro, eles compreenderam que não tinham paz. Nem o álcool, nem as drogas, budismo, e tudo o mais, então finalmente, eles entenderam agora, que agora somente Jesus pode me dar a paz.Ele é a única paz que eu preciso. Então, muitos jovens pensam que se seguirem Jesus, tudo será esquecido para eles. Nada está esquecido para você, somente aquilo que pode machucá-lo. Como um padre costuma dizer, se você gosta de dançar na discoteca então vá, porque não dançar ? mas dance com Jesus. O que isto significa ? Não beba, não use drogas para ter paz e alegria. Jesus irá dar a paz a você. Ele irá dar alegria para você. Ele irá dar a você a Vida Eterna – drogas e álcool – não. Pode durar alguns meses, alguns anos, mas então sua vida será miserável. Drogas não darão paz verdadeira, elas somente trarão destruição. Quantos jovens morrem em acidentes nas estradas, nos finais de semana, dirigindo drogados ou bêbados ? Rezemos por eles que eles possam encontrar Jesus e descobrirem a paz real. Isto é o que Nossa Senhora deseja.

Nossa Senhora nos pede que vamos nos confessar ao menos uma vez ao mês. Ela disse que não existe homem no mundo que não precise da Santa Confissão ao menos uma vez ao mês. Então, se vocês já fizeram muito por Nossa Senhora saindo de suas casas, de suas famílias, vieram nesta longa viagem, nesta jornada. Vocês decidiram gastar seus dias aqui em oração mesmo com chuva. Eu gostaria de convidar você como uma irmã, se você fez tudo isto, então dê o passo final. Vá para a confissão porque somente um coração puro pode estar em graça, pode saber como receber e aceitar as graças. Não achem que isto é uma obrigação.

Nossa Senhora também quer que coloquemos a Bíblia em um local visível em nossas casas. Quando Ela nos dá uma mensagem, Ela não interpreta a mensagem para nós. O modo no qual Ela nos fala a mensagem, nós falamos a mensagem para vocês. Então nós precisamos rezar também para entender o que Deus fala para mim através daquela mensagem. Mas Nossa Senhora nos disse para termos a Bíblia em nossas casas. Eu acho todos nós temos a Bíblia em nossas casas. Nossa Senhora quer que leiamos a Bíblia todos os dias.

Muitos me perguntam como é Nossa Senhora quando Ela aparece. Como Ela estava ontem de manhã quando apareceu ? Olhem, se eu disse a vocês que no dia 2 de cada mês é a oração por todos aqueles que não conhecem o Amor de Deus. Ela estava triste ontem. Ela estava decidida (resoluta), determinada. Ela nos deu a mensagem. Eu recomendo a vocês, não perguntem nada para interpretar o que Nossa Senhora quer dizer a você. Eu aconselho você a ler e rezar e com a oração entender o que Deus está falando a você com esta mensagem. Nós somos pessoas diferentes. Nós não temos as mesmas vidas, as mesmas cruzes. Deus fala com cada um de nós. Então se eu compreendo a mensagem de uma maneira, não necessariamente você irá compreendê-la da mesma forma. Não importa que vocês estejam certos e que eu esteja errada. Nós somos simplesmente diferentes e Deus fala conosco de modos diferentes. Nossa Senhora ontem também abençoou todos os artigos religiosos que trouxemos e também a todos nós que estávamos ali. Ela nos deu a Sua Benção Materna, então é isto que eu quero compartilhar com vocês.

Nós estamos cheios de alegria porque nosso João Paulo II, o Santo Padre, foi beatificado. Ele é já um santo para mim. Eu fui abençoada por tê-lo conhecido pessoalmente. Eu estava no Vaticano, na basílica de São Pedro em uma audiência geral. Eu estava acompanhada por um sacerdote e o Papa me abençoou quando ele passava por nós. O sacerdote disse: “Santo Padre, esta é Mirjana, vidente de Medjugorje.” Então o Santo Padre retornou e me abençoou mais uma vez e foi embora. Mas eu disse para o padre que me acompanhava:“Nada mais pode ser feito. Ele somente acha que eu precisava ser abençoada duas vezes.” Mas na tarde nós recebemos uma carta, um convite para vê-Lo privadamente na manhã seguinte. No dia seguinte nós fomos lá. Eu estive com ele e entre outras coisas ele me disse: “Se eu não fosse Papa, eu já estaria em Medjugorje. Eu sei de tudo. Eu acompanho tudo. Por favor peça aos peregrinos para rezar pelas minhas intenções. Protejam Medjugorje para mim porque Medjugorje é esperança para o mundo.” Nós estamos todos felizes. O Santo Padre nos abençoou muitas vezes e nós sabemos que ele é um santo e que será canonizado.

Traduzido por: Gabriel Paulino
Fonte: http://www.medjugorje.com

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s