Arquivo do mês: fevereiro 2013

Conversando com o Senhor – PARTE 4

Como se deve cada um haver e falar nas coisas que deseja

mulher rezando

SENHOR: Filho, diz assim em todas as coisas: Senhor, se vos agradar faça-se isto em vosso nome.
Senhor, se vos parecer que me é conveniente e proveitoso, concedei-me isto para que dele use para vossa honra; mas se vedes que me será nocivo, e não aproveita para a salvação da minha alma, tirai de mim tal desejo, porque nem todo o desejo procede do Espírito Santo, ainda que nos pareça justo e santo. 

Dificultoso é julgar com verdade se te move o espírito bom ou mau, a desejar isto ou aquilo, ou se te move a tua própria vontade.

Acham-se enganados no fim muitos que no princípio pareciam ser movidos pelo bom espírito.

Por isso deves sempre, com temor de Deus e humildade do coração, desejar e pedir tudo aquilo que se te representar digno de ser desejado; e particularmente me encomendarás tudo com inteira resignação, dizendo – Senhor, vós sabeis o que é melhor, fazei-me isto ou aquilo, como mais vos agradar; dai-me o que quiserdes, quanto e quando quiserdes.

Fazei comigo como vós sabeis, e como mais vos aprouver e for mais honra vossa.

Ponde-me onde quiserdes, e obrai livremente comigo em todas as coisas.

Estou na vossa mão, resolvei-me e virai-me ao redor.

Eis aqui o vosso servo disposto para tudo: porque não desejo viver para mim, mas  para vós.

Praza à divina misericórdia que eu sempre assim viva digna e perfeitamente.

Oração em que se pede a graça
para cumprir a vontade de Deus

Concedei-me, benigníssimo Jesus, a vossa graça para que esteja comigo, trabalhe comigo e persevere comigo até o fim.

Dai-me que sempre deseje e queira o que vos for mais aceite e agradável.

Vossa vontade seja a minha, e a minha seja sempre a vossa, e se conforme em tudo com ela.

Tenha eu convosco o mesmo querer, ou não querer; nem possa querer, ou não querer, senão o que vós quereis ou não quereis.

Dai-me a graça para que morra para tudo o que há no mundo, e que deseje ser desprezado e desconhecido nele por vosso amor.

Dai-me que, sobre tudo o que se pode desejar, em vós descanse, e sossegue em vós o meu coração: vós sois o único descanso; fora de vós tudo é desabrigo e desassossego.

Nesta paz, nisso mesmo, isto é, em vós único sumo e eterno bem, dormirei e descansarei.

Amém.

Fonte: Livro Imitação de Cristo.

Quem ama a sua vida perdê-la-á, e quem neste mundo odeia a sua vida, guardá-la-á para a vida eterna.” 
(João 12:25)

Conversando com o Senhor – PARTE 3

lava-pes

Da obediência do súdito humilde, a exemplo de Jesus Cristo

SENHOR: Filho, o que procura apartar-se da obediência, aparta-se também da graça; e o que deseja ter coisas próprias perde as comuns.

O que se não sujeita de boa vontade ao seu superior, mostra que a sua carne ainda lhe não obedece perfeitamente, mas muitas vezes resiste e murmura.

Aprende, pois, a sujeitar-te sem detença ao teu superior, se desejas sujeitar a tua carne, porque mais depressa se vencerá o inimigo exterior, se o homem interior não estiver desordenado.

Não há mais danoso nem pior inimigo para tua alma que tu mesmo, sem não estás conforme com o espírito.

É necessário que te armes com o verdadeiro desprezo de ti mesmo, se queres vencer a carne e o sangue.

Mas porque ainda te amas desordenadamente, por isso receias sujeitar-te de novo à vontade dos outros.

Ora que muito é que tu – que és pó e nada – te sujeites ao homem por amor de Deus, quando Eu, Onipotente e Altíssimo  que criei do nada todas as coisas, me sujeitei humildemente ao homem por teu amor?

Fiz-me o mais humilde e mais abatido, para vencer a tua soberba com a minha humildade.

Aprende a obedecer tu que és pó  aprende a humilhar-te, terra e barro, e até a prostrar-te aos pés de todos.

Aprende a vencer a tua vontade, e rende-te a toda a sujeição.

Abrasa-te de ira contra ti mesmo, nem consintas que exista em ti enfatuamento algum; mas mostra-te tão sujeito a apoucado que todos possam andar sobre a tua cabeça, e pisar-te como lama da rua.

Ó homem vão, de que te queixas?

Pecador miserável, em que podes contradizer os que te injuriam, tu que tantas vezes ofendeste a Deus e mereceste o inferno?

Mas perdoei-te, porque é preciosa a tua alma a meus olhos, para que conhecesses o meu amor e fosses sempre agradecido pelos meus benefícios  e para que continuamente tratasses da verdadeira sujeição e humildade, e levasses com paciência o teu próprio desprezo.

Fonte: Livro Imitação de Cristo.

E qualquer que dentre vós quiser ser o primeiro, será servo de todos.” 
(Marcos 10:44)