A Fé e as Obras

S. Paulo: “Manda… que se façam ricos em boas obras” (1Tm 6, 18). E ainda: “Deus retribuirá a cada um segundo suas obras” (Rm 2, 6). Em “boas obras” , porque, completa S. Tiago, “o homem é justificado pelas obras e pela fé” (Tg 2, 24) ou pelas obras que nascem da fé, porque a “fé sem obras é morta” (Tg 2, 17) e só uma fé viva pode dar a vida.

É pois bem claro que o homem é salvo pelas boas obras nascidas da fé, e não pelas “obras da lei” ,  ou simples execução material daquilo que é mandado pela lei. As boas obras são feitas para agradar a Deus por amor e são as conseqüências da verdadeira fé, posta em prática.

Diz ainda S. Paulo sobre a diferença entre obedecer a “Lei das Obras” , que não tem valor, mas a lei posta em prática pela fé: “Porquanto nós sustentamos que o homem é justificado pela fé, sem as obras da Lei. (…) Então eliminamos a Lei através da Fé? De modo algum! Pelo contrário, a consolidamos” (Rm 3, 28 – 31)

E mais, se não fossem necessárias “boas obras” , mas apenas a Fé, acaba-se justificando que uma pessoa pode levar uma vida de pecado, bastando ter fé para ser salva. Diz S. Paulo: “Que diremos então? Que devemos permanecer no pecado a fim de que a graça atinja sua plenitude? De modo algum!” (Rm 6, 1-2).

Um pecador, com fé, deve pedir perdão de seus pecados e mudar de vida, conforme nos manda Nosso Senhor: “Ide e não peques mais!

Nem todo aquele que me diz ‘Senhor, Senhor’ entrará no Reino dos Céus, mas aquele que pratica a vontade de meu Pai que está nos céus” (Mt 7, 21). Ora, o que é essa “prática” da “vontade de Deus” se não as “boas obras” ?

S. Tiago (2, 14 – 26): “14 – De que serviria, meus irmãos, dizer alguém que tem fé, se não tem obras? Porventura poderá a fé salvá-lo? (…) 17. Assim também a fé, se não tiver obras, em si própria, está morta. (…) 21. Abraão, nosso pai, não foi, porventura, justificado pelas obras, oferecendo seu filho Isaac sobre o altar? 22. Já vês que nele a fé cooperava com as obras, e pelas obras foi consumada a fé. 24. Vedes, pois, que o homem é justificado pelas obras; e não pela fé somente. 26. Porque, assim como seu o espírito o corpo está morto, morta é a fé sem as obras” .

Vós sois a luz do mundo. Não se pode esconder uma cidade situada sobre um monte. Nem se acende uma lâmpada e se coloca debaixo do alqueire (pequeno móvel), mas no candelabro e assim ela brilha para todos os que estão na casa. Brilhe do mesmo modo a vossa luz diante dos homens, para que, vendo as vossas boas obras, glorifiquem vosso Pai que está nos céus. (Mt 5, 14-16)

O homem deve dar glória a Deus na terra através de suas obras. Podendo fazer obras, e não as fazendo, peca o homem contra Deus e não se justifica pela Fé, visto que sua Fé é morta ao não produzir os frutos esperados: “Outra parte [das sementes], finalmente, caiu em terra fértil, germinou e deu fruto ao cêntuplo.” E dizendo isso, exclamava:“Quem tem ouvidos para ouvir, ouça!” (Lc 8, 8).

Obras de Misericórdia

Segundo a doutrina católica, as boas obras mais perfeitas e por isso mais usadas para julgar o católico no dia do seu Juízo particular são as obras de misericórdia. Estas obras, que ao todo são catorze, têm como finalidade socorrer “o nosso próximo nas suas necessidades corporais ou espirituais”. Elas são portanto divididas, consoante a sua natureza, em dois grupos:

As obras de misericórdia corporais

  • Dar de comer a quem tem fome;
  • Dar de beber a quem tem sede;
  • Vestir os nus;
  • Dar pousada aos peregrinos;
  • Assistir aos enfermos;
  • Visitar os presos;
  • Enterrar os mortos.

As obras de misericórdia espirituais

  • Dar bom conselho;
  • Ensinar os ignorantes;
  • Corrigir os que erram;
  • Consolar os aflitos;
  • Perdoar as injúrias;
  • Sofrer com paciência as fraquezas do nosso próximo;
  • Rogar a Deus por vivos e defuntos (principalmente pelos defuntos que estão no Purgatório).

Fonte: Apologética Católica (site Lepanto)  e  Catecismo de São Pio X .

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s